Pães

Cinnamon roll – Feliz dia do padeiro!

Se a 5 anos alguém me dissesse que hoje, 07 de julho de 2020 eu estaria escrevendo um texto em comemoração ao dia do padeiro, pois esta seria a profissão que enfim eu teria abraçado e que me abraçou eu não acreditaria. Sempre se diz que a vida dá voltas e posso dizer que para mim, profissionalmente, essas voltas me conduziram a um prazer absoluto.

Fazer pão faz parte da minha vida desde a adolescência, mas, foi somente em uma segunda fase da vida que decidi largar tudo e me dedicar a panificação como profissão.

Dia após dia minha cozinha foi se enchendo de pessoas lindas e diferentes, em um astral contagiante em torno da bagunça e felicidade de nuvens de farinha. No início eram só pessoas querendo aprender a fazer o próprio pão e aos poucos foram aparecendo também aqueles interessados em tornar a panificação fonte de renda e realização. São, Fabiolas’s, Gabriela’s, Simone’s, Lenara’s, Jorge´s, Cristina’s, Neli’s, Marcos’s, Quenia’s, Rosana’s, Clovis’s e tantos outros que eu orgulhosamente pude contribuir na formação. Mas não são só os que trabalham com pães hoje que eu tenho a alegria de homenagear. Cada aluno que passou pelo meu atelier e abraçou o “pãozificar” é um padeiro de alma e coração.

“Pãozificar” é um verbo inexistente em qualquer gramática que você procurar. Verbo criado no calor dos nossos corpos em união em torno da panificação. “Pãozificar” é transmitir amor através de um dos alimentos mais difundidos no mundo. É demonstrar carinho a si mesmo e a quem se ama em um bolo que farinha, água e sal que tem uma representatividade afetiva tão incrível, que passei a visualizar na felicidade e brilho no olhar de cada pessoa que já dei um pão de presente.

Esse novo e difícil tempo em que vivemos afastou nossos corpos mas engrandeceu nossa alma de padeiro. Nunca antes o planeta inteiro fez tanto pão. E daí, mais uma expressão sem significado no dicionário, mas perfeitamente compreensível para todo padeiro seja ele profissional ou amador passou a vigorar em nossas redes: “Pâodemia”. O pão mais uma vez causa união ainda que a distância. São milhares de padeiros pelo mundo transmitindo conhecimento, trocando receitas, contribuindo para que este alimento seja fonte de alimento, amor e esperança de que dias melhores logo cheguem para nossas vidas.

Padeiros de todo o mundo, meus alunos queridos, minha sincera homenagem a cada um de vocês.

Vamos continuar “pãozificando” o mundo!

Esta receita de cinnamon roll é a minha favorita e neste dia tão especial compartilho com voces.

CINNAMON ROLLS
Rendimento: 1409 gramasTemperatura: 180°C
Porcionamento: 16 unidadesTempo aprox..: 30 min.
Modelagem: Rolo / Assadeira 
IngredientesQuantidadeUnidade de medida%
Farinha Trigo550Gramas100%
Açúcar refinado70Gramas13%
Sal6Gramas1%
Levain 1:2:2110Gramas20%
Leite300Gramas54%
Leite em pó40Gramas7%
Fermento biológico seco instantâneo3Gramas0,5%
Manteiga em ponto pomada50Gramas9%
Ovo55 (1UNID)Gramas10%
    
Recheio   
Manteiga em ponto pomada110Gramas20%
Açúcar demerara110Gramas20%
Canela5Gramas1%
    
Óleo para untar   
TOTAL1409GRAMAS 

Preparo:

Junte a farinha de trigo, o açúcar, o levain refrescado, o leite, o leite em pó, o fermento biológico e o ovo. Misture bem e sove por 5 minutos. Acrescente o sal e a manteiga em ponto de pomada aos poucos e sove por mais 5 minutos.

Coloque em uma vasilha untada e deixe dobrar de volume.

Após dobrar de volume misture os ingredientes do recheio fazendo uma pasta.

Abra a massa em formato de retângulo com um rolo. Espalhe bem o recheio e enrole feito rocambole. Corte em rodelas de aproximadamente 3 cm.

Distribua em uma assadeira untada deixando espaço para o crescimento. Deixe fermentar por mais 1 hora aproximadamente. Pode ser menos ou mais dependendo da temperatura ambiente.

Asse em forno pré aquecido a 180 graus por aproximadamente 30 minutos até estar bem dourado.

Cobertura opcional:

Opção 1 – Junte 3 colheres de sopa de açúcar e 3 colheres de sopa de água em uma panela e ferva por 2 minutos. Pincele sobre o pão ainda quente.

Opção 2 – Em uma tigela misture 50 gramas de creme de leite e 130 gramas de açúcar de confeiteiro. Espalhe sobre a massa em forma de fio com o auxílio de uma colher.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no IG!